Piadas de Caipiras - Parte 02 | As Melhores Piadas - As Melhores Piadas | Humor, comédia...

Ir para o conteúdo

Menu principal:

Piadas de Caipiras - Parte 02 | As Melhores Piadas


O capiau,
muito do pão-duro, recebe a visita de um amigo. A certa altura da conversa o amigo pergunta:
- Se você tivesse seis fazendas, você me dava uma?
- Claro, uai! - respondeu o mineiro.
- Se você tivesse seis automóveis, você me dava um?
- Claro que sim!
- E se você tivesse seis camisas, você me dava uma?
- Não!
- Porque não!
- Porque eu tenho seis camisas!

Um cara acaba de comprar uma Ferrari novinha, e pra estrear, sai pela estrada afora. Indo devagarzinho, avista à frente uma carroça puxada por um boi. O cara nem pensa :
engata uma segunda e passa rente à carroça do caipira. Nisso, olhando pro retrovisor, ele vê que a mesma carroça vem lhe perseguindo e vai chegando perto numa velocidade animal ! E passa....
VUMMMMMM !
O cara, abobado, engata uma terceira e acelera pra ultrapassar o diabo da carroça viajando a mil. Dai vem a carroça de novo, passando a Ferrari novinha. Já doido, ele engata uma quinta direto e mete fundo, passando mais uma vez a carroça, agora já a 200 por hora. Hã, lá vem a carroça.... VUMMMMM! Nisto, eles chegam numa parada (sinal, farol, semáforo) e a Ferrari é forcada a frear. E a carroça :
VUMM (pra frente)... VUMM (pra trás)...
VUMMM... para.O cara abaixa o vidro e pergunta pro caipira qual é a do boi turbinado, e o caipira diz:
- MOÇO, DÁ PRA TIRAR O MEU SUSPENSORIO QUE TÁ PRESO NA SUA ANTENA!?

 
O sujeito chegou naquela cidade e ficou sabendo que o José queria vender um burrinho. Achando o bichinho muito simpático, ele perguntou:
- Qual é o nome dele?
- Num sei, não...
- Como não sabe? O bicho não é seu?
E o caipira:
- Só qui eu num sei qual é o nome dele... eu chamo ele de Zeca, sô.

 
Um mineiro estava andando na rua quando encontrou uma lâmpada. Esfregou e saiu um gênio.
- O senhor pode fazer três pedidos.
O mineiro pensou e disse:
- Eu queria um queijo.
O gênio achou estranho e falou:
- Segundo pedido.
O mineiro disse:
- Um queijo.
Gênio:
- Terceiro pedido.
Mineiro:
Uma mulher.
Dias depois o mineiro acho de novo a lâmpada na rua. O mesmo gênio saiu.
- Oh! que surpresa! você de novo? pode fazer mais três pedidos. Mas me diz uma coisa primeiro...porque da outra vez você pediu duas vezes queijo e depois uma mulher?
- Eh que eu fiquei com vergonha de pedir outro queijo!

 
O amigo fala:
- Ó Zé sua muié tá te traindo com Arcides.
- Magina! Ela não me trai não. Cê tá enganado.
- Oia Zé toda vez que ocê sai prá trabaiá o Arcides vai prá sua casa.
Indignado com que o amigo diz, o Zé finge que sai de casase esconde dentro do guarda roupa.Passando umas horas, quem bate na porta? O Arcides. O Zé fica olhando pela porta do guarda roupa que está entreaberta e logo vê: Sua muiê leva o Arcides para dentro do quarto e começa a sacanagem: tira blusa e os peito cai, tira a calcinha e a barriga cai. E lá de dentro do guarda roupa o Zé põe as mãos no rosto e diz:
- Ai, meu Deus! Que vergonha do Arcides!!!

 
O Goiano foi a Brasília e lá como não tem esquina, resolveu atravessar uma daquelas monumentais avenidas. Ai vem um Porshe em alta velocidade quase atropela o pobre coitado, para a 100 metros adiante, e um Deputado grita lá de dentro:
- Goiano, filho da p*ta, não enxerga...
O Goiano assustado por ter quase sido atropelado, ficou mais assustado ainda, pensando como o filho de uma Madame de Bordel tinha adivinhado que ele era Goiano, terá sido pelas roupas? Assim, foi a uma das lojas mais caras de Brasília, comprou um terno Armani, óculos Ray-ban legítimo, Valise, pulseira de ouro, Rolex, etc... Sentiu-se, enfim, extremamente sofisticado. Voltou para o mesmo ponto e foi atravessar a rua. Veio, então, o mesmo Porsche, quase o atropela, para a 100 metros, e o Deputado grita:
- Paulista, filho da p*ta, ate parece Goiano...

 
O paulista em Minas, na hora do almoço se sentiu ofendido porque lhe serviram ao lado de outros pratos, abóbora cozida.
Chamou o garçom e bateu forte:
- ó mineiro, lá em São Paulo quem come isto aqui é porco.
E o mineirinho não pestanejou:
- Aqui também!

 
Um pesquisador fez um levantamento a nível nacional para saber as coisas que o homem brasileiro mais gostava. Em todos os cantos do pais a resposta era uma só:
- Dinheiro e mulher!
Em todos os estados da federação, os homens respondiam de pronto:
- Dinheiro e mulher.
Quase ao final da pesquisa, ele encontrou um mineirinho do interior sentado de
cócoras a beira da estrada pitando um cigarro de palha.
- Bom dia.
O mineirinho deu uma tragada, cuspiu de lado e respondeu:
- Dia, sô.
- Estou fazendo uma pesquisa para saber as coisas que o homem brasileiro mais gosta. O senhor pode me responder?
O mineirinho deu mais uma tragada e mais uma cuspida:
- Uai, só. As coisa que o homi mais gosta eh dinheiro, muieh e bicho de pé.
O pesquisador, estranhando a inclusão do item bicho de pé na resposta, perguntou:
- Olha, todo mundo falou dinheiro e mulher. Mas e bicho de pé?
Mais uma tragada e mais uma cuspidinha, o mineirinho retrucou:
- Uai, só. Que que adianta nois ter dinheiro e mulher se o bicho não tiver de pé?

 
O homem ia levando a sua vaca adoentada ao veterinário, quando foi atalhado pelo compadre:
- Gastar dinheiro pra que, homem? Sou teu amigo e tenho uma beberagem lá em casa, feita por mim, que amanha tua vaca já está boa...
O homem da vaca confiou, voltou, pegou a garrafada e deu ao seu único patrimônio. No outro dia a vaca amanheceu morta.Passados alguns dias, encontra o compadre que vai logo perguntando:
- E ai, compadre, como vai a vaquinha?
Informado de que a vaca morrera no outro dia após a beberagem, ele não perdeu o rebolado e arrematou:
- Mas uma coisa eu lhe garanto, compadre: ela morreu com uma melhora boa...

 
Um garotão vinha passando pela praça, quando viu um velhinho de cócoras, atrás da moita, gemendo que dava dó.
-o que tá havendo aí vovô?
-ai, meu filho!...dói muito quando tento me levantar...estava aqui fazendo um cocôzinho tão bom, mas agora dói muito quando tento me levantar...ai...ai
Intrigado ,o rapaz resolveu ver o que estava acontecendo. Deu um volta ao redor do velhinho, olhou atentamente e falou:
-o senhor não tem nada, vovô...só tem é que tirar o calcanhar de cima do saco quando for levantar.

 
O caipira emocionadíssimo com a primeira viagem de avião que ia fazer... senta-se no banco, todo nervoso, e daí a pouco faz um comentário com a aeromoça:
- Que interessante: as pessoas lá embaixo parecem formiguinhas
A aeromoça:
- São formiguinhas mesmo. Nós ainda não levantamos voo...

 
Estava um viajante perdido no meio da caatinga, debaixo de um sol de pelo menos quarenta graus do sertão da Paraíba, quando avistou lá  longe uma casinha de taipa. Morrendo de sede como ele estava, pensou imediatamente que aquela casinha seria sua salvação. Ao chegar na dita casinha, bateu palmas e falou:
-O de casa!!
Prontamente apareceu um garotinho típico da região, barrigudinho, com os olhos remelentos e limpando calmamente o nariz com o dedo.
-Sinhô?
-Menino sua mãe está  em casa?
-Ta não sinhô!
-Quem está com você? Você está  sozinho?
-To sim sinhô, o quequi o sinhô quer?
-Menino eu estou com muita sede. Da para você me arrumar um pouco d' gua?
-Da sim sinhô, mas tem ôaluaô*, o sinhô num que não?
-Bom, se tem ôaluaô e melhor que água, quero sim.
O menino volta com uma cuia de ôaluaô, a qual e prontamente bebida pelo sedento viajante.
-Muito obrigado está  muito bom esse ôaluaô.
-Tem mais, o sinhô quer?
-Quero sim, ta tão bom que vou tomar mais um pouco.
Mais uma vez o ôaluaô e saboreado com satisfação e mais uma o menino pergunta:
-Tem mais o sinhô quer?
Ao que o viajante responde:
-Menino, querer eu quero, mas sua mãe quando chegar não vai reclamar de você?
-Vai não sinhô, tinha um rato morto dentro dele e ela tinha mandado eu jogar fora.
Furioso, o viajante ameaça:
-Seu filho de uma égua, vou quebrar essa cuia na sua cabeça.
-Pelo amor de Deus moço num quebre não que essa e a cuia de mãe mijar.
*Alua e uma deliciosa bebida feita com a infusão das cascas de abacaxi.

 
Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal