Piadas de Judeus | As Melhores Piadas - As Melhores Piadas | Humor, comédia...

Ir para o conteúdo

Menu principal:

Piadas de Judeus | As Melhores Piadas



Percebendo que a morte estava para chegar
, o Jacó reúne a família e pede para chamarem um padre, pois ele quer se converter ao catolicismo. Todo mundo fica espantado, não entendem por que o velho judeu tomou essa decisão na hora da morte. Diante do olhar da mulher e dos filhos ele explica:
- É melhor que morra um deles do que um dos nossos!

O Judeu estava em seu leito de morte, aí chamou seus filhos:
- Jacozinho? Você está aí jacozinho?
- Si, papa, Jacozinho está aqui!
- Mocha? Cadê você mocha?
- Mocha está aqui papa.
- Sara, Onde está você?
- Papa, Sara tá aqui!
- Seus @%?&@, e quem está tomando conta da loja?

 
Salim era milionário e não tinha se casado para não gastar dinheiro. Seu único luxo era sua empregada, Jacira, uma morena prá lá de gostosa. Todo dia, durante anos, quando Salim chegava em casa, Jacira servia o jantar e ia tomar banho. Até que um dia, Salim estava jantando e ficou ouvindo o barulho da água, pensando na Jacira tomando banho. Mastigava a comida e pensava na Jacira tomando banho. Mastigava a comida e pensava na Jacira tomando banho, mastigava a comida e pensava na Jacira tomando banho, até que se levantou da mesa e foi até o banheiro. Bateu na porta:
* Jacira, você está tomando banho?
* Estou seu Salim.
* Jacira, abre a porta bra Salim!
* Mas seu Salim, estou nua.
* Jacira, abre a porta bra Salim!
A Jacira não resiste muito e acaba por abrir a porta. Salim entra no banheiro, vê a Jacira nua e pergunta:
* Jacira, quer foder com Salim?
* Mas seu Salim, eu não sei...
* Jacira, quer foder com Salim?
* Sim, quero sim, seu Salim.
Então Salim pula em cima dela, bota a mão no registro do chuveiro elétrico e fala enquanto o fecha:
* Mas Jacira não vai foder Salim não, não vai foder Salim não!!!

 
Samuel encontra-se com o velho amigo Jacó:
- E aí Jaco, quanto tempo! Como vai, meu amigo?
- Vou muito mal!
- Por que Jaco, o que foi que aconteceu?
- Minha mãe morreu na semana passada!
- Nao diga! Meus sentimentos! O que é que ela tinha?
- Infelizmente, pouca coisa. Uma casa, duas lojinhas no centro da cidade e um terreninho no interior!

 
O Turco vai se confessar:
- Padre, há 20 anos atrás, eu abriguei um refugiado de guerra. Qual o meu pecado?
- Meu filho, nisso não há pecado, você fez uma caridade!
- Mas, padre, eu cobrei aluguel dele.
- Tem razão, meu filho, isso e pecado! Reze 3 Ave-Marias e um Padre-Nosso...
- Só mais uma pergunta, padre! Devo falar pra ele que a guerra acabou?

 
O judeu estava ensinando o filhinho Jacob a andar:
- Vem Jacozinho, vem com a babai!
E Jacozinho tentava levantar-se com muito esforço.
- Izo, filhinha, levanta, a babai tá aqui! Vem babai.
E jacozinho conseguiu ficar em pé sozinho.
- Izo, filha! Agora anda. Vem colinho babai. Babai segura.
E jacozinho começou a dar alguns passinhos inseguros.
- Aih! Anda. Agora Bula colinho babai. Bula, babai segura. Vem Jacozinho!
O menino foi andando em direção ao pai.
- Agora bula colinho babai. Bula, Jacob, bula.
O garoto pulou sorrindo nos braços do pai. Imediatamente o pai desviou-se do filho, indo este cair de cara no chão. Foi a primeira lição:
- Izo, Jacozinho, é pra abrender a não confiar nem na babai!

 
Havia um dentista muito famoso numa cidade media em São Paulo. Era um judeu muito competente na sua profissão. Seu nome: Dr. Isaac Rosental. Como todo mundo, um dia este judeu morreu. Foi enterrado e na sua lapide, no melhor cemitério da cidade, estava escrito:
Aqui jaz dr. Isaac Rosental (1924-1995). Grande dentista que deu a esta  cidade a honra de seus grandiosos serviços e que agora parte para a eternidade.
E em letras menores:
Mas seu filho Jacob continua atendendo no Ed. Ouro Negro, sala 410. Desconto especial para vitimas da segunda guerra.

 
Um casal de velhos judeus, Salomão e Sarah está na cama quando o velho começar a rememorar:
- Sarah? me diz uma coisa: Quando nos vivíamos na Polônia e os camponeses da vila vizinha invadiram e queimaram nossa casa, você estava comigo?
- Mas claro Salomão. Eu estava com você...
- Sarah? em 42 em Paris durante a guerra quando os nazistas nos capturaram, você estava comigo?
- Mas claro Salomão. Eu estava com você...
- Sarah? Em Auschwitz, no campo de concentração, você estava comigo?
- Mas claro Salomão. Eu estava com você...
- Sarah? Quando nós escapamos do campo, você estava comigo?
- Mas claro Salomão. Eu estava com você...
- Então me diga Sarah: quando os alemães nos pegaram depois de 3 dias que nós andávamos na neve, você estava comigo?
- Mas claro Salomão. Eu estava com você..
- Sarah, me diz uma coisa: Você não acha que você é meio pé-frio?

 
Outra de mãe-judia:
- Alo, mamãe? é David.
- Daviiid, como você está filhinho. Você tá comendo bem...
- Claro mamãe. Tudo esta bem. Mãe, eu tenho que dizer uma coisa...
- Mas claro, meu pequeno. Eu tô sempre aqui pra te escutar... 
- Bem, mamãe, eu vou me casar...
- Mas é maravilhoso, meu filho! Como ela se chama? Vocês tem que vir, heim? É pra quando o casório?
- Sei, sei mãe... o problema é que...
- Mas não, meu filho não tem problema. Teu pai vai amá-la com certeza...
- Bem ,mãe... ela é negra...
- Negra?... Mas isto não é nada meu filho! é maravilhoso casar um filho...
- Bom, ela já foi casada...
- Ee... Também é bom meu filhinho, Ela já tem experiência... poderá te ensinar...
- e ela tem dois filhos...
- Ah.. Já teremos dois netinhos! é fantástico meu filho...
- e ela não é judia... É de origem palestina...
- Ha! mais isto não é importante meu filho... Você vai se casar! a vida é bela...
- Então a gente pode passar ai'?
- Claro meu filhinho. Quando você quiser! Vem dormir em casa com sua noiva.
Vocês vão dormir no meu quarto...
- No seu quarto? E você? Você vai dormir onde?
- Não tem problema meu filho... Eu durmo hoje e MORRO...

 
Um padre, um pastor e um rabino reuniram-se para saber como que cada um divida o dinheiro entre o que ficava com Deus, isto e com a Igreja ou Sinagoga conforme o caso, e cada um deles. Disse o Padre, na minha Igreja Católica, eu pego toda a coleta do período, faço um circulo no chão e atiro todo o dinheiro para o alto, aquilo que cair dentro do circulo pertence a Deus, o que cair fora e meu.
Disse o Pastor eu também faço a mesma coisa na minha Igreja Protestante, só que o que cair dentro e meu e o que cair fora e Dele. O Rabino falou: Pois eu jogo tudo para cima o que Ele pegar e Dele, o que cair no chão e meu!!!

 
O sujeito vai para Israel visitar a família e aproveita para visitar alguns lugares históricos: Jerusalém, Belém, o Rio Jordão...
Quando chega no Mar da Galiléia, ele resolve fazer um passeio de barco e
pergunta o preço para um sujeito que alugava barcos:
- Oitenta dólares a hora!
- Oitenta dólares? O senhor está maluco? é muito caro!
- Mas esse é o lago onde Jesus andou sobre as águas!
- Também pudera! Com o barco por esse preço!

 
Jacó levou o Jacozinho, seu filho de 06 anos, à um parque de diversões. Dentre as atrações existia um que chamou em especial a atenção do garoto:
"Vôo panorâmico de helicóptero".
- Quero levar minha filhinho bra passear - disse Jacó ao piloto.
- São US$ 100,00.
Lógico que o judeu não aceitou e como o garoto começou a chorar o piloto propôs uma solução:
- Eu levo você e seu filho. Se você não gritar durante o passeio eu não cobro nada.
E assim foi. Durante o vôo o piloto deu rasantes, piruetas, desceu e subiu bruscamente e Jacó, com os olhos arregalados, mudo como uma rocha...
Quando a nave pousou, o piloto perguntou a Jacó:
- Em nenhum momento você deu um pio sequer...não sentiu medo e vontade de gritar?
- Senti muito medo e quase gritei... principalmente quando Jacózinho caiu...

 
O turco chega com um puta carrão numa boate e consegue convencer o porteiro a entrar sem pagar, dizendo depois eu lhe recompenso. Entrou de fininho e se divertiu a valer, no fim chegou na saída, encostou no porteiro e enfiou a mão no bolso do paletó do porteiro e disse no seu ouvido:
- Isso é pra você tomar um whisky, e saiu tranqüilamente...
O porteiro sentindo o seu peito ficar frio, enfiou a mão no bolso e tirou duas pedras de gelo...

 
O Jacó vai colocar um anuncio no jornal.
- Gostaria de colocar uma nota fúnebre sobre a morte da minha esposa, diz ao atendente.
- Pois não, quais são os dizeres?
- Sara morreu!
- Só isso? - espanta-se o rapaz.
- Sim, Jacó não quer gastar muito.
- Mas o preço mínimo permite ate 5 palavras.
- Então coloca: "Sara morreu. Vendo Monza 94."

 
Não se sabe como, mas um turco conseguiu pegar dinheiro emprestado de um Judeu. Acontece que o Turco nunca pagava nenhuma de suas dívidas e o judeu nunca deixava de receber o que lhe deviam. O tempo passa, o turco enrolando e o Judeu atrás dele. Até que um dia eles se cruzaram no bar de um português e começaram uma discussão. O turco encurralado não encontrou outra saída, pegou um revólver encostou na própria cabeça e disse:
- Eu posso ir para o inferno, mas não pago esta dívida!
E puxou o gatilho, caindo morto no chão.
O judeu não quis deixar por menos, pegou o revólver do chão, encostou na sua cabeça e disse:
- Eu vou receber esta dívida, nem que seja no inferno!
E puxou o gatilho, caindo morto no chão.
O português, que observava tudo, pegou o revólver do chão, encostou na sua cabeça e disse:
- Pois eu não perco esta briga por nada!

 
Estavam viajando em um trem um judeu e um filipino. O filipino cochilou e o judeu se levantou da cadeira e começou a esmurrar o pobre do filipino. Acordando assustado o filipino perguntou:
- Mas por que você está me batendo?
- Isso é pelo ataque ao Pearl Harbor - respondeu o judeu.
- Mas quem atacou o Pearl Harbor foram os japoneses! - explicou o filipino.
- Pra mim filipino, japonês, chinês, coreano é tudo a mesma coisa! - encerrou o judeu e foi sentar-se novamente.
O filipino ficou esperando o judeu dormir, e quando o judeu cochilou, o filipino levantou-se e começou a esmurrar o judeu. O judeu acordou espantado e perguntou:
- Mas por que você está me batendo?
- Isso é pelo afundamento do Titanic - respondeu o filipino.
- Mas quem afundou o Titanic foi um Iceberg!
O filipino retrucou:
- Para mim Iceberg, Rosemberg, Nuremberg é tudo a mesma coisa.

 
O judeu foi à zona, escolheu uma menina e foi logo perguntando:
-Quanto é?
- 50 paus - responde ela.
- E com sadomasoquismo?
- E para você me bater ou apanhar?
- Para eu te bater!
- E você bate muito?
- Não, só até você devolver o dinheiro!

 
Isac recebe o laudo de seu exame de urina e telefona pra casa:
- Rebeca, estou te avisando que nem eu, nem você, nem Salomão, nem Jaco, nem Ruth e nem o pequeno Abraham temos problemas urinários...

 
Um sujeito queria namorar a filha de um judeu e foi pedir ao pai. O velho disse:
-Acho que não vai dar certo, porque os judeus têm uma visão muito diferente da vida. Para provar que não estou com nenhuma discriminação, voulhe dar uma maçã e amanhã conversamos novamente.
No dia seguinte ele voltou à casa do judeu que lhe perguntou:
-O que você fez com a maçã?
-Fiquei com fome e a comi.
-Tá vendo? Um judeu tiraria a casca da maçã, a colocaria para secar e faria um chá. Dividiria a maçã em quantos pedaços fossem os mebros de sua família e daria um pedaço para cada um. Depois pegaria os caroços, venderia alguns e plantaria outros, pois assim teria algum lucro e ainda frutos dentro de algum tempo. Bom, vou lhe dar outra chance. Leve este pedaço de linguiça e volte a falar comigo amanhã.
O cara saiu de lá puto e pensando o que poderia fazer para aproveitar bem aquela linguiça.
No dia seguinte a mesma pergunta:
-Filho, o que você fez com aquela linguiça?
-Bem, primeiro tirei o cordãozinho e fiz um cadarço para meu tênis. Depois tirei o plástico que protege a linguiça e o guardei. Dividi a linguiça em 8 pedaços e dei um pedaço para cada membro da minha família. Depois fiz uma camisinha com o plástico, comi sua filha e aqui está o "leite" para o senhor fazer um cappuccino.

 
Deitado em seu leito de morte, Salim chama o seu filho mais velho, tira um antigo relógio do bolso com dificuldade e diz:
- Filho... Está vendo este relógio aqui?
- Sim, papai... - responde o filho, com lágrimas nos olhos.
- Ele era do meu bisavô! - continuou o pai - Depois ele foi passado para o meu avô... depois para o meu pai... depois para mim... e agora chegou a sua vez...
Quer comprar?

 
À noite, Salim reúne a família:
- Isaac já fez?
- Sim, babai.
- Jacob já fez?
- Sim, babai.
- Sarah já fez?
- Sim, babai.
- Raquel já fez?
- Sim, babai.
- Então bode dar a descarga...

 
5 judeus mudaram a maneira de ver o mundo:
Moises disse: A lei é tudo.
Jesus disse: O amor é tudo.
Marx disse: O dinheiro é tudo.
Freud disse: Tudo está na cabeça.
e finalmente Einsten disse: TUDO é relativo.

 
Um casal muçulmano "moderno", preparando o casamento religioso, visita um Mullah buscando aconselhamento. Este pergunta se eles têm mais alguma dúvida, antes de irem. O homem pergunta:
- Nós sabemos que é uma tradição no Islã os homens dançarem com homens e mulheres dançarem com mulheres. Mas em nossa festa de casamento, nós gostaríamos de sua permissão para que todos dancem juntos.
- Absolutamente, não! - diz o Mullah - É imoral. Homens e mulheres sempre dançam separados.
- Então após a cerimônia eu não posso dançar nem com minha própria esposa?
- Não - respondeu o Mullah - É proibido no Islã.
- Está bem - diz o homem - E que tal sexo ? Podemos finalmente fazer sexo?
- É claro! - responde o Mullah - Alá é Grande! No Islã, o sexo é bom dentro do casamento, para ter filhos!
- E quanto a posições diferentes? - pergunta o homem.
- Alá é Grande! Sem problemas! - diz o Mullah.
- Mulher por cima ? - o homem pergunta.
- Claro! - diz o Mullah - Alá é Grande. Pode fazer!
- De quatro?
- Claro! Alá é Grande!
- Na mesa da cozinha?
- Sim, sim! Alá é Grande!
- Posso fazê-lo, então, com todas minhas quatro esposas juntas, em colchões de borracha, com uma garrafa de óleo quente, alguns vibradores, chantilly, acessórios de couro, um pote de mel e videos pornográficos?
- Você pode, é claro. Alá é Grande!
- Podemos fazer de pé?
- Não de jeito nenhum! diz o Mullah.
- E porque não? pergunta o homem surpreso.
- Porque vocês poderiam se entusiasmar e acabar dançando...

 
Salim estava casado com a Sarah há 50 anos e ele nunca soube o que havia dentro daquele baú no armário. Um dia, ele chegou pra Sarah e disse:
- Sarah, eu sei que prometi pra vc não querer saber o que tem neste baú, mas já faz 50 anos que nós estamos casados. Mostra prá Salim...
E a Sarah pensa: "É... 50 anos... Salim cumpriu bem promessa pra manter o casamento..." e fala pro Salim:
- Certo, Salim. Você pode ver o que tem no baú. Salim então, abre o dito cujo e encontra um maço com US$ 30.000,00 e 4 batatas:
- Sarah, o que são essas 4 batatas???
E Sarah responde :
- É que cada vez que eu te traí, eu coloquei uma batata no baú. Desculpe, Salim...
Salim, de cabeça, faz a conta: "50 anos... 4 batatas... me traiu 1 vez a cada 12,5 anos...
É, não é tão ruim, depois de 50 anos..." e diz :
- Tá, Sarah. Eu perdôo você. Mas e os US$ 30.000,00 ????
- É que cada vez que o baú enchia, eu vendia as batatas...

 
Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal