Piadas de Padres - Parte 02 | As Melhores Piadas - As Melhores Piadas | Humor, comédia...

Ir para o conteúdo

Menu principal:

Piadas de Padres - Parte 02 | As Melhores Piadas

O sujeito entra no trem noturno. No seu compartimento, só ele e uma jovem e bela freira que esta lendo a Bíblia. Ele resolve sentar ao lado da freira, que - no entanto - não demonstra o mínimo interesse por ele.
O moço, impressionado pela beleza da freira e vendo o tempo passar sem conseguir iniciar um papo sequer, não se contem e põe a mão no joelho da freira.
Imediatamente ela se vira para o rapaz:
- Salmos, capitulo 6, versículo 23.
O sujeito fica vermelho feito um camarão, retira a mão e não se mexe mais durante o resto da viagem. De volta em casa, ele corre para pegar uma Bíblia e a abre no capitulo 6, versículo 23, onde lê:
O Paraíso fica mais para cima.

Abraão muda-se para uma pequena cidade do interior. Nessa cidade, todos eram extremamente religiosos. O padre católico mandava e desmandava.
Abraão aluga uma casinha ao lado da igreja e como adora churrasco, todas as sextas-feiras ele coloca umas carnes para assar... e toda a sexta-feira é o mesmo escândalo na igreja, porque Abraão não come peixe como todo mundo!
As beatas revoltadas fazem um movimento e, finalmente, conseguem convencer Abraão a se converter ao catolicismo. Eles o levam a igreja, onde o padre joga algumas gotas de água benta em sua cabeça e recita:
- Você nasceu judeu. Você foi criado como judeu. Agora você é católico!
No fim da cerimônia, todos aliviados. Afinal, chegou ao fim o tormento do churrasco as sextas-feiras. Mas, na sexta-feira seguinte, o cheiro de carne e de churrasco volta a invadir a igreja. As beatas invadem o quintal de Abraão para lembrar-lhe de seus votos como católico. Ele disfarçadamente em frente a grelha, diz:
- Você nasceu vaca. Você foi criada como vaca. Agora você é peixe!

 
Uma garota exuberante, com um decote enorme, entrou na igreja, se ajoelhou e começou a rezar. Muito puto, o padre se aproximou e disse:
-Senhorita, cubra os seus seios ou vai ter que sair da igreja!
Ela não deu bola. O padre insistiu:
-Senhorita, por favor, cubra os seus seios ou terá que sair da igreja!
A garota se levantou, colocou as mãos na cintura e disse:
-Padre, eu tenho o direito divino!
E o padre, observando o decote:
-E o esquerdo também, mas se não cobrir vai ter que sair!

 
Num convento moravam 100 freiras e uma madre superiora. Um dia a madre superiora reuniu todas as freiras no pátio e falou:
MS: Minhas irmãs, esta noite um homem entrou neste convento!
99 freiras : Oooooh...
Uma freira: IH, Ih, ih...
MS: E esta não foi, sem duvida, a primeira vez!
99 freiras : Oooooh...
Uma freira: IH, Ih, ih...
MS: Ele entrou num de nossos quartos!
99 freiras : Oooooh...
Uma freira: IH, Ih, ih...
MS: Eu encontrei um preservativo usado!
99 freiras : Oooooh...
Uma freira: IH, Ih, ih...
MS: E este preservativo estava furado!
Uma freira : Oooooh...
99 freiras : IH, Ih, ih...

 
O velho acaba de morrer. O padre encomenda o corpo e se rasga em elogios:
* O finado era um ótimo marido, um excelente cristão, um pai exemplar!!...
A viúva se vira para um dos filhos e lhe diz ao ouvido:
* Vai até o caixão e veja se é mesmo o seu pai que tá lá dentro...

 
Um pastor de uma comunidade pequena, conversando com o assistente, disse que estava puto da vida pois sua bicicleta havia sido roubada, e o assistente deu uma sugestão:
- No culto do domingo, faça um sermão sobre os dez mandamentos, e frise com bastante veemência o não roubarás.
Assim o ladrão vai sentir-se mal e terá que devolver a bicicleta. No domingo, o pastor faz o sermão sobre os dez mandamentos, mas não deu tanta força ao não roubarás. Depois do culto, o assistente vai conversar com ele:
- Muito bom o sermão de hoje, mas, porque o Sr. não deu mais ênfase ao comentar o não roubarás para fazer o ladrão devolver a bicicleta?
- É que quando eu cheguei no não cometeras adultério eu me lembrei de onde eu a esqueci!

 
O paciente está na capital para o exame periódico de saúde.
* Você bebe? - Pergunta o doutor.
* Dois ou três copos de vinho pela manhã, um uisquinho à noite...
* Fuma?
* Dois charutos por dia.
* E sexo?
* Duas ou três vezes por mês.
* Sóóóóóó? Com a sua idade e a sua saúde, era pra ser duas ou três vezes por semana.
* Sabe como é, né, doutor? Se eu fosse bispo na capital até que dava né? Mas numa diocese pequena, no interior...

 
Diz que o padre estava dando confissão. Já cansado da mesma ladainha de sempre, este tinha pregado dentro do confessionário um papel, uma lista, com todos os pecados possíveis e correspondentes penitências. Então, quando chegava o fiel e dizia:
- Padre, traí minha mulher.
O padre nem titubeava, olhava a lista, procurava adultério e vendo ao lado a devida penitência, respondia:
- Quatro Pai-nossos e dez Ave-marias!
Um dia, no meio dessa lengalenga, deu nele uma vontade imensa de cagar. Não tinha solução. Tinha que sair dali de qualquer maneira. Como a fila de fiéis para confissão estava imensa, ele fez o seguinte:
abriu a porta do confessionário, chamou o faxineiro da igreja - que estava por ali...
- e pediu que este último ficasse no seu lugar. Era simples, disse o padre:
- Basta você escutar o pecado, procurar a penitência, dizê-la ao fiel e pronto!
O faxineiro ficou ali escutando. Vinha um e dizia:
- Padre, roubei dinheiro na minha empresa!
O faxineiro pensava: Vamos ver quanto o padre dá pra roubo. Procurava na lista e respondia:
- Meu filho, reze seis pais-nossos e cinco ave-marias. Vá em paz.
Outro entrava e dizia:
- Padre, dei porrada na minha mulher.
O faxineiro pensava:Vamos ver quanto o padre dá pra porrada na mulher.
Procurava na lista e respondia:
- Meu filho, reze oito pais-nossos e dez ave-marias. Vá em paz.
Até que chegou um que disse:
- Padre, padre, fiz sexo oral com minha mulher!!!
O faxineiro procurou na lista e não achou nada sobre sexo oral. Não sabendo o que fazer, abre a porta do confessionário e pergunta pro coroinha que está por perto:
- Ei, Paulinho, você sabe quanto o padre dá pra sexo oral???
Ao que o menino responde:
- Um coca-cola e biscoito!!!

 
Um jovem vai à igreja se confessar:
* Padre, eu toquei nos seios da minha namorada.
* Você tocou por cima ou por baixo da blusa dela? - pergunta o padre.
- Foi por cima da blusa dela, padre. - responde o jovem.
* Você é muito bobo! Por baixo da blusa, a penitência é a mesma!!

 
Três freiras, que moravam juntas no mesmo prédio, estão descendo de elevador quando veem uma gosma esbranquiçada sobre o tapete. Uma das freiras, enfia o dedo na gosma e leva-o à boca:
* Como eu tinha imaginado... É esperma!
Curiosa, a outra freira, repete o gesto:
* E já está aqui há mais de 2 horas!
Em seguida a terceira, com ares de entendida, conclui:
* E não é de ninguém aqui do prédio!

 
* Padre, ontem eu dormi com meu namorado.
* Mas isso é pecado, e pecado mortal, minha filha. Reze cinco Pai Nosso de penitência.
A jovem fica mais algum tempo ajoelhada, pensa um pouco e depois pergunta ao padre:
* Padre, e se eu rezar dez Padres Nossos? Será que posso dormir com ele hoje de novo?

 
O Jaiminho passa diante da janela do padre, com um pão numa das mãos e a outra no bolso.
* Boa tarde, seu padre!
* Boa tarde, meu filho! Vejo que você está com a semente da vida em uma das mãos. E o que você tem na outra mão?
* é um pão, seu padre!
 
A campainha toca na casa de um camarada muito pão-duro.
Quando ele atende dá de cara com duas freiras pedindo donativos.
* Meu filho, nós somos irmãs de Cristo e...
* Nossa, como vocês estão conservadas, huh, huh!!!!

 
Um burro morreu bem em frente duma Igreja e, como uma semana depois, o corpo ainda estava lá, o padre resolveu reclamar com o Prefeito.
* Prefeito, tem um burro morto na frente da Igreja há quase uma semana!
E o Prefeito, grande adversário político do padre, alfinetou:
* Mas Padre, não é o senhor que tem a obrigação de cuidar dos mortos?
- Sim, sou eu! - respondeu o padre, com serenidade.
* Mas também é minha obrigação avisar os parentes!

 
A menina foi pra igreja se confessar com o padre:
- Padre, o meu namorado e um filho da p*ta.
- Por que você esta falando isso minha filha?
- Ontem ele me deu um beijo na boca.
O padre abriu a portinha do confessionário e lhe deu um beijo na boca.
- Pronto minha filha, eu também lhe dei um beijo e não sou filho da p*ta.
- Mas acontece que ele abriu a minha blusa e me chupou.
O padre abre a blusa da menina e da uma chupada nos meninos.
- Pronto minha filha, eu também lhe chupei e não sou um filho da p*ta.
- Acontece que ele também abaixou a minha calca e me atacou o pau.
O padre aproveitando a deixa se em animou e foi também.
- Olhe minha filha, eu também ataquei o pau e não sou um filho da p*ta.
- Acontece seu padre que o meu namorado tem AIDS.
- filho da p*ta.

 
Tarde da noite, o padre passa perto dum cemitério e leva o maior susto quando escuta:
Hum, hum, hum!
O padre para, reza um pai-nosso, faz o sinal da cruz, enche-se de coragem e pergunta:
* Do que é que essa pobre alma está precisando?
E a voz responde:
* Papel higiênico!

 
A freira vai ao médico:
* Doutor, tenho tido um ataque de soluço, que não me deixa viver. Não durmo, não como, e dor no corpo de tanto movimento compulsivo involuntário. O doutor disse:
* Tenha calma, irmã, que vou examiná-la.
Ele a examina e diz:
* Irmã, a senhora está grávida.
A freira se levanta e sai correndo do consultório, com cara de pânico. Uma hora depois o médico recebe uma chamada da madre superiora do convento:
* Doutor, o que o senhor disse pra irmã Carmem?
* Cara madre superiora, como ela tinha uma forte crise de soluço, eu disse que ela estava grávida. Espero que com o susto ela tenha parado de soluçar!
* Sim, a irmã Carmem parou de soluçar, mas o padre Paulo pulou da torre da igreja!!!

 
Um padre e uma freira estavam viajando de volta para o convento. Ao cair da noite, os dois avistaram uma cabaninha no meio do caminho e decidiram entrar para passar a noite, prosseguindo viagem no dia seguinte.
Ao entrar na cabaninha, viram que havia apenas uma cama de casal.O padre e a freira se entreolharam e depois de alguns segundos de silêncio o padre falou:
- Irmã, você pode dormir na cama que eu durmo aqui no chão.
E assim fizeram. No entanto no meio da madrugada a irmã acordou o padre dizendo:
- Padre! O senhor está acordado?
(O padre bêbado de sono) Hein?! Ah, irmã, o que foi?
- Ah... É que eu estou com frio. O senhor pode pegar o cobertor para mim?
- Sim, irmã, pois não!
O padre então se levantou, pegou o cobertor no armário e cobriu a irmã com muita ternura.Uma hora depois a irmã acorda o padre de novo dizendo:
- Padre! O senhor ainda está acordado?
(O padre babando na gola) -Âh? Ah,irmã. O que foi agora?
- É que eu ainda estou com frio. O senhor pode pegar outro cobertor para mim?
- Claro irmã, pois não!
Mais uma vez o padre se levantou cheio de amor e boa vontade para atender o pedido da irmã.Outra hora se passou e mais uma vez a irmã chamou pelo padre.
- Padre. O senhor ainda está acordado?
(O padre engasgando com o próprio ronco) - Âh? Sim irmã, o que foi agora?
- É que eu não estou conseguindo dormir. Ainda estou com muito frio.
Finalmente entendendo as intenções da irmã, o padre então falou:
- Irmã, só nós dois estamos aqui, certo?
- Certo!
- O que acontecer, ou deixar de acontecer aqui, só nós saberemos e mais ninguém, certo?
- Certo!
- Então tenho uma sugestão:
- Que tal se a gente fizer que nem marido e mulher?
- A freira então pula de alegria na cama e diz:
- Sim! Sim! Vamos fazer que nem marido e mulher!
Daí o padre muda o tom de voz e grita:
- ENTÃO, PÔRRA, LEVANTA VOCÊ E PEGA ESSA MERDA DE COBERTOR, E VÊ SE NÃO ENCHE MAIS O MEU SACO!!!

 
O sacristão avisa que tem uma mulher querendo falar com o padre.Ele vai atender e dá de cara com uma mulatona muito gostosa, corpo escultural e minissaia.
* Me falaram que o senhor está procurando empregada..
* Sim, minha filha... Fala-me de suas qualidades!
* Sei fazer moqueca de peixe, sei fazer cuscuz doce e salgado, quindim...
* Que mais?
* Sei fazer cocada, pudim de leite condensado, leitão assado.Só?
* Tem um problema... Eu sou estéril, seu padre...
* Mulher de Deus... por que não disse isso logo? Vai entrando, minha filha

 
Vai um padre....cansado de repetir sempre as mesmas penitências para quem ia se confessar, e de modo a tentar não ser injusto com ninguém, procurou um informático e pediu para ele fazer um programa que, de acordo com o pecado cometido, desse logo a penitência equivalente. Então....o programa é feito e o padre estreia a utilização do seu computador no confessionário.
Chega o primeiro e confessa que tinha dado um beijo na namorada de outro.....o padre introduz os dados no computador e recebe como resposta ''Tem que rezar 10 Ave Marias''.
O segundo....tinha amassado não sei quem...''20 Ave Marias''...
Vai por aí, até que chega um que fala que tinha pecado....tinha quase transado com uma garotinha...
- Como quase ?- Pergunta o padre. - é...ué....acabei só pondo a cabecinha....não tive coragem para continuar....
Aí, o padre vai introduzir os dados no computador e....recebe como resposta que aquele pecado não existia.
Mas o cara, queria a todo o custo pagar pelo seu pecado..... O padre dando em doido já com a merda do computador que não lhe dava resposta....
Aí fala :
- Me desculpe cara, mas esse programa só funciona com variáveis inteiras....não tem pecado para coisa feita pela metade! Tem que ir lá e fazer o serviço completo mesmo....aí você volta e terá que rezar 50 Ave Marias!!!!

 
O louro dado de presente ao padre veio de um bar onde uma freguesia fanática reunia-se para ouvir irradiação de jogos de futebol enquanto tomavam suas cervejas. O padre, muito satisfeito, colocou o novo hóspede numa coluna junto ao púlpito. No domingo seguinte, o padre começou seu sermão sob os olhares atentos dos fiéis e do papagaio. Meus irmãos, falou ele. Cristo nasceu na Terra Santa, passou por Belém, passou por Nazareth, passou pela Galileia, passou por Jerusalém, passou por. . .
- PUTA MERDA, interrompeu o papagaio, não tem um beque para segurar esse homem?

 
Numa pequena cidade do interior, havia um padre muito famoso. Certo dia, ele precisou ir embora e o povo da cidade resolveu fazer uma festa para ele. O prefeito iria fazer um discurso.
Quando deu o horário da festa, estavam todos lá, menos o prefeito. Passada meia hora, o povo estava impaciente e o prefeito não havia chegado. Então, o padre resolveu fazer o discurso.
— Quando cheguei a essa cidade, a primeira pessoa que se confessou comigo falou que havia matado a família, transado com a filha do patrão, bebido feito um condenado, fumado como um doido e visto milhões de filmes pornográficos. Logo pensei que aqui só havia homens como esse. Mas, quando conheci o povo trabalhador e honesto, mudei minha opinião.
Acabando de falar, o prefeito chegou, pediu perdão por ter se atrasado e disse:
— Quando esse padre chegou, tive a honra de ser o primeiro a me confessar com ele!

 
Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal